Vários barquinhos de papel iguais. Um barquinho de papel laranja ao centro sendo escolhido.

Como você escolhe o conteúdo que consome?

A disponibilização de conteúdo nos dias de hoje é enorme e a tendência é que siga crescendo ano a ano. Com isso, surgem também novas formas de consumo e de absorção deste conteúdo. 

Por exemplo, hoje você pode consumir algo no modelo Netflix, onde paga-se um valor mensal – na maioria das vezes bem acessível – e tem-se a disposição vários conteúdos, que nem sempre estarão alinhados a sua necessidade. Pode ser no modelo Apple Store, onde você busca exatamente o que quer, normalmente um conteúdo de maior relevância alinhado com o que você busca, mas que muitas vezes também tem um custo específico. Pode ser no Youtube, nos websites, ou na wikipédia, onde, por princípio, o acesso é gratuito e, por isso, recheado de propagandas (algumas vezes bem cansativas e invasivas), enfim. 

Fato é que existem inúmeras maneiras de se acessar todo esse conteúdo e é necessário avaliarmos caso a caso, para adequarmos às nossas expectativas e necessidades. E para te auxiliar nesse processo, vamos pontuar algumas considerações relevantes:

  • Organização do material a ser disponibilizado: num mundo cada vez mais corrido, o nosso tempo é o que temos hoje de mais precioso. Por isso, o método de construção de uma informação é fundamental para criar bons alicerces de conhecimento, sem desperdiçar o tempo do usuário.
  • Maneira de comunicar: muitos conteúdos são construídos com métodos de linguagem presencial, não levando em consideração que o espectador digital pode pausar, voltar e rever o conteúdo.  Não por acaso, muita gente está criando o hábito de consumir conteúdo online com a velocidade de reprodução aumentada, visando reduzir os espaçamentos na fala e, com isso, reduzir o tempo gasto no processo. Tal hábito mostra claramente que há um desalinhamento da comunicação com a ferramenta e com a expectativa do usuário.
  • Experiência do conteúdo digital: o mundo digital traz uma infinidade de recursos que podem gerar experiência, como vinhetas, animações, elementos gráficos. Esses recursos, quando combinados e utilizados adequadamente, podem gerar uma experiência FANTÁSTICA ao espectador.
  • Ambientalização da absorção de conteúdo: se você absorve seu conteúdo em qualquer ambiente, acaba sendo como aquele seriado que você assiste com o celular a mão enquanto cozinha, por exemplo, no fundo você sabe que o material não é relevante. Agora se você está vendo um filme que não consegue nem piscar, sua experiência é infinitamente melhor e nesse momento você não quer que nada lhe tire ou desvie a atenção. 
  • Qualidade do conteúdo: sinceramente não existe conteúdo exclusivo, mas existe, sim, um conteúdo que demorou anos para ser compilado daquela maneira e que você, provavelmente, gastaria muito tempo de estudo para obter de outra forma. 

Sendo assim, escolha seu conteúdo de acordo com a sua necessidade e não apenas pela disponibilidade de acesso, ou pelo fato de ele ser gratuito ou pago, por exemplo. 

O Abla+ foi construído e embasado nos 25 anos de experiência do seu idealizador, o professor e doutor Marcelo Abla. Formado em Implantodontia, ele entendeu como a especialidade tratava o processo alveolar e iniciou a observação pelas alterações de desenvolvimento. Após alguns anos, conheceu o conceito de Proporção Áurea, que é a matemática da beleza, assistiu palestras sobre Visagismo e decidiu desenvolver um questionário prático, que auxilia na avaliação do comportamento e expressões subliminares que o paciente busca. Tudo isso, aliado ao estudo dos conceitos criados por grandes mestres nacionais e internacionais, permitiu o desenvolvimento de uma técnica que ajudasse a enquadrar melhor o sorriso. E agora, toda essa técnica está disponível para você através do nosso módulo de Odontologia Estética. Venha conhecer. 

Gostou do nosso blog? Receba mais conteúdos em seu e-mail



Cadastro realizado com sucesso!

A partir de agora receberá os conteúdos do blog em primeira mão!

Algo não está certo

Não conseguimos realizar o seu cadastro, se o problema persistir poderá entrar em contato através do e-mail informativo@ablamais.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *